Jornalistas Concurseiros: Agosto 2011

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

14 vagas para jornalistas na Assembleia Legislativa do Espirito Santo. Remuneração de R$ 5.173,47



Enganaram-se quem achava que a oportunidade do ano para os jornalistas concurseiros seria apenas o concurso da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).  A Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo (Ales) abriu concurso público para o preenchimento de 14 vagas para Analista em Comunicação Social, sendo uma para candidatos portadores de deficiência. Remuneração de R$ 4.459,72 mais auxilio alimentação de R$ 613,75, ou seja, ganho de R$ 5.173,47 para uma carga horária de 30 horas semanais. Não seria exagero dizer que o salário da Ales é melhor que o da EBC.

A aplicação da prova e a organização do certame será por conta do Centro de Seleção e Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), a mesma organizadora do concurso da EBC.

Segundo o edital divulgado no último dia 28 de julho e disponível no site do Cespe, são requisitos para investidura no cargo de Analista em Comunicação Social I (Editor de texto – TV/ Repórter – TV/ Produtor  – TV/ Repórter – WEB/ Produtor – WEB e Repórter Fotográfico) diploma de curso superior em Jornalismo, Comunicação Social ou congênere, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC),  e registro profissional correspondente. 

Então, se animou? Abaixo confira mais informações sobre o concurso. Não esqueça de ler o edital.

Serviço

TAXA DE INSCRIÇÃO: cargos de nível superior: R$ 70,00;

Será admitida a inscrição somente via Internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/al_es2011, solicitada no período entre 10 horas do dia 3 de agosto de 2011 e 23 horas e 59 minutos do dia  24 de agosto de 2011, observado o horário oficial de  Brasília/DF.

DAS FASES DO CONCURSO:
Para o cargo de Analista em Comunicação Social
(P1) Objetiva Conhecimentos Básicos / 25 questões / Eliminatório e classificatório
(P2) Objetiva Conhecimentos Específicos / 35 questões / Eliminatório e classificatório
(P3) Avaliação de  títulos / Classificatório

As provas objetivas para todos os cargos de nível superior terão a duração de  3 horas e serão aplicadas na data provável de 9 de outubro de 2011, no turno da manhã.

As provas objetivas serão compostas de 60 questões de múltipla escolha, com 5 opções de resposta  para cada uma, havendo somente uma opção correta.

O quê estudar?


16.2 CONHECIMENTOS BÁSICOS (PARA TODOS OS CARGOS)

16.2.1 LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2  Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial: emprego das letras;  emprego da acentuação gráfica. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual: emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e outros elementos de sequenciação textual; emprego/correlação de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período: relações de coordenação entre orações e entre termos da oração; relações de subordinação entre orações e entre termos da oração; emprego dos sinais de pontuação; concordância verbal e nominal; emprego do sinal indicativo de crase; colocação dos pronomes átonos. 6 Reescritura de frases e parágrafos do texto: substituição de palavras ou de trechos de texto; retextualização de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência  oficial: adequação da linguagem ao tipo de documento; adequação do formato do texto ao gênero.

16.2.2 NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 1 Sistemas operacionais (Windows 7). 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet/intranet; ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e de pesquisa. 3 Principais aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações (pacote Microsoft Office). 4 Conceitos básicos de tecnologia da informação: sistemas de informações e segurança da informação.

16.2.3 ORGANIZAÇÃO DO PODER LEGISLATIVO ESTADUAL: 1 Constituição Estadual do Espírito Santo. 1.1 Organização do Estado (arts. 14 a 47). 1.2 Organização dos Poderes (arts. 48 a 77). 2 Resolução nº 2.890/2010 (dispõe sobre a estrutura organizacional dos serviços administrativos da Secretaria da Assembleia Legislativa e sobre o Plano de Cargos e Carreiras dos seus respectivos servidores).

16.3 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PARA OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

16.3.3 CARGO 3 – ANALISTA EM COMUNICAÇÃO SOCIAL – I: I COMUNICAÇÃO SOCIAL. 1 Legislação de comunicação social: Código de Ética do Jornalista, Código de Ética da Radiodifusão, Código Brasileiro de  Auto-Regulamentação Publicitária. 2 Regulação e agências reguladoras. 3 Política Nacional de  Telecomunicações. 4 Jornalismo e meios de comunicação de massa. 4.1 História e conceitos. 4.2  Veículos de comunicação de massa no Brasil: história, estrutura e funcionamento. 4.3 Características, linguagens e técnicas de produção, apuração, entrevista, redação e edição de jornal, revista, rádio, Internet, TV e vídeo. 4.4 Condições de produção da  notícia. 4.5 Princípios e orientações gerais para redigir um texto jornalístico. 5 Jornalismo institucional. 5.1 História, atribuições, organização, estrutura e funcionamento. 5.2 Produção da notícia e rotinas  da assessoria de imprensa; papel do assessor; atendimento à imprensa; técnicas de redação; sugestões de pauta,  releases e artigos; organização de entrevistas; produtos de uma assessoria de imprensa; mecanismos de controle da informação. 5.3 Pauta institucional. 5.4 Canais e estratégias de comunicação interna. 5.5 Publicações jornalísticas empresariais: história, planejamento, conceitos e técnicas. 5.6 Métodos e técnicas de pesquisa. 6 Teorias da comunicação. 6.1 História e conceitos das principais teorias de comunicação. 6.2 Papel dos meios de comunicação na construção da realidade social. 6.3 Teorias sobre a produção da notícia e seus efeitos. 7 Projeto gráfico e produção de mídias eletrônicas. 7.1 Tecnologias de mídias eletrônicas. 7.2 Linguagem visual e aspectos estéticos. 7.3 Tipos, características, conceitos, aplicações e limitações das mídias eletrônicas.

II LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA. 1 Regimento  Interno da Assembleia Legislativa (Resolução nº 2.700/2009 e posteriores alterações). 2 Código de Ética e Decoro Parlamentar (Resolução nº 1.775/1995 e posteriores alterações). 3 Ouvidoria Parlamentar da Assembleia Legislativa (Resolução nº 2.018/2001 e posteriores alterações). 4 Regime jurídico dos servidores civis do estado do Espírito Santo (Lei Complementar Estadual nº 46/1994 e posteriores alterações).




 Boa sorte!!!


Unemat abre concurso público para jornalista

O jornalista será lotado na unidade de Cáceres (MT)

Texto publicado originalmente em http://www.ufmt.br/vestibular/

A Universidade do Estado de Mato Grosso abre concurso público para 199 vagas para servidores administrativos em todos os níveis de conhecimento. As vagas são para posse imediata e também para cadastro de reservas. 
Estão sendo disponibilizadas 17 vagas para nível superior, com o salário inicial de R$ 3.041,45 para as funções de: administrador, advogado, analista de sistemas, arquivista, assistente social, contador, jornalista e químico. A taxa de inscrição para esse nível de escolaridade é de R$ 90,00.
Cronograma:Período de Inscrição: das 08:00 h do dia 15/08 às 23:59 h do dia 28/08; Divulgação das Isenções e Inscrições Indeferidas: a partir de 12 de setembro; Divulgação do Local de Realização da Prova Objetiva: a partir de 29 de setembo; Realização das Provas Objetivas: 09 de outubro.